Friday, October 31, 2008

All Hallows Even


Hoje...
é noite de cobrança...
Hoje...
Vou ser frio na noite negra, vento na calmaria
Vou ser a doença que vos mata pela noite
Até ao dia

Alma Negra



Há morte que vive nos meus sonhos de morte
Insana, sedenta de negro
Medos nefastos de crimes sempre presentes nas sombras
Que todos carregam consigo
...Como parasitas até ao fim do sangue...
Mortalha pálida cobre o meu corpo
Não quero sentir o frio da morte
Demente, pela glória dos vivos...
Odeia-me assim destino, até ao fim das eras
Envolve-me, quero ouvir de novo
O trinco que fechou o meu caixão... Pela tua mão.

Pensamento do dia:

Um homem espera que uma mulher nunca mude, e ela muda; uma mulher espera sempre que um homem mude, mas ele não muda.

Thursday, October 30, 2008

O futuro agora já é passado.

No tempo que demoramos a pensar no futuro ele torna-se passado sem passar pelo presente. É até um dia.

Pensamento da noite:




Acreditar em algo e não o viver é desonesto.

Se eu quero ter direito a ter a minha opinião, tenho que poder defender essa mesma opinião para poder defender esse direito. Se eu quero ter o direito à liberdade, tenho que defender aquilo que é a liberdade para ter o direito de ser livre.


Alma Negra

Dá-me o teu sangue, eu dou-te a eternidade
Deixa-me beber-te, ser a tua verdade
Quero a tua alma e o teu coração
E só na minha morte terás o teu perdão

Pensamento da noite:

"No final de contas, nós não encontramos quem sempre procurámos; vamos-nos encontrar com alguém que sempre esperou por nós".

Um pequeno passo para um homem,

Um tralho fenomenal para a Humanidade. Ainda nos estamos a levantar...

Pensamento do dia:

Hoje tá de chuva.
Mas perguntem-me lá se não tenho vontade de ir para a rua....




Há que ser razoável

Exigindo o impossível. Sem contemplações. Sem cinzento, branco no preto. Sem olhar por cima do ombro, sem hipótese de voltar atrás. Sem negar uma palavra amiga ou um abraço, porque são aquilo de que necessitamos para nunca nos esquecermos daquilo a que viémos quando tivermos vontade de desistir, e para não nos darmos a nós próprios o luxo de capitular.
Por vezes temos que fazer bluff com a vida.

Wednesday, October 29, 2008

Estrelinha

Cada um de nós tem uma estrelinha plantada lá em cima, que é nossa, só nossa e de mais ninguém. E as estrelas têm nome de mulher, ou pelo menos, nomes no feminino. Os barcos também, quase todos, e a excepção só confirma a regra. E é preciso ser-se muito paneleiro para não dar nome de mulher ao primeiro carro. Os furacões também têm nome de mulher, por razões óbvias. Na realidade quase tudo o que nos ultrapassa tem nome de mulher. Porque as mulheres são muito especiais. E essas mulheres especiais são mesmo muito especiais. Demasiado especiais para que nos consigamos esquecer delas. São tão especiais que damos o nome delas a estrelas, a barcos e até ao nosso primeiro carro. E se há estrelas que têm numeros por nome em vez de nome de mulher é porque há muito homem sem imaginação (além de que também há mesmo muitas estrelas por esse céu fora). E se há barcos e carros (os primeiros) que não têm nome de mulher, prova que há muito gajo que tira a carta antes mesmo de tirar as fraldinhas do cú, e também prova que há muito paneleirote por aí à solta.
Os nomes daquelas mulheres que não só não são assim nada de especial, como não interessam mesmo nada a ninguém, vão para os furacões.

Nota: aposto que tudo o que for cromossoma X que venha ler isto vai direitinho à procura de uma lista de nomes de furacões. Não quero que falte nada, ora essa. Aqui vai. Agora lixem-me o juízo a dizer que metade dos nomes são masculinos: só desde 1978, e os piores furacões têm nomes femininos - ou de gajos que com aquele nome não são bem carne nem bem peixe... alforrecas.

Pra desmoer, um grandessíssimo beijo a todas as mulheres mesmo especiais que leram isto. As outras ainda devem andar à procura do nome na lista. E seguem as fotos das estrelinhas. A minha é a maior de todas lá em cima.













Citações XXII

You have enemies? Good. That means you've stood up for something, sometime in your life.

Alma Negra

Colour of this skin I wear
Colour of this skin's abuse
Colour of the lips I kiss
My coloured skin is your excuse
Colour of the skin you wear
Colour of your skin's abuse
Colour of the lips you kiss
Your coloured skin is my excuse


Pensamento da Noite:

Há um mundo lá fora à minha espera. É melhor não me demorar muito... pode ir-se embora.

Estados de Alma.











Alma Negra


Ontem estive lá, no maldito lugar
E lá vi a Morte, e sei que amei a Morte
Vinha um Velho com ela que me olhou e disse "Por onde andares, aqui,
Serás perseguido pelas tuas sombras"
Persegui sombras antigas de velhos a quem chamamos mortos
Para que não saiam do passado, e só encontrei a Morte
Que me arrastou num suspiro de dor por entre os cadáveres macabros
"-Vê, ali" - e eu vi, aquele era eu
E ela pegou no cadáver e ali ficou a chorar
E no negro olhar, eu vi o meu fim...

Pensamento da noite:

Eu nasci para ser rico. Os meus pais é que não se esforçaram o suficiente...

Lx, Pt















Tuesday, October 28, 2008

Invocate.


Paliate the Dead... Nightly.


Primal...





Pensamento da noite:

...Wish you were here...

Sartago









Lagoa