Monday, June 28, 2010

Assim não vais lá.

Parece que o proto-candidato presidencial (mais uma tentativa e passa a crónico) Manuel "eu-processo-quem-disser-mal-de-mim" Alegre perguntou ao seu improvavel antecessor o que é que o Presidente da República (o tal improvavel antecessor, portanto) fez para evitar o estado insustentável do País. Ora... a não ser que esteja decidido a fazer mais do que o Próf (nomeadamente DEMITIR o governo) e a ASSUMI-LO públicamente, devia evitar perguntas complicadas - até porque esse tal governo o apoia... Vida dura, vida dura. Mas partir do princípio de que a pergunta deveria ser feita a quem detem o poder executivo (o governo, na pessoa do Primeiro-Ministro) era capaz de ser mais correcto.
Mais uma cruz na caderneta. Com malta desta o Aníbal bem que pode contar com mais cinco anos nas calmas.

No comments: