Friday, April 30, 2010

Cá pra mim o Henrique é mas é um grandessíssimo engatatão.

Quero dizer, aparentemente percebe à farta de "senhoras", e até ver não fez outra coisa senão engatar ainda mais a coisa. E também percebe de paternidades, maternidades e pílulas do dia segunte. Ou coito interrompido, dependendo do ponto de vista...

Feira do livro aqui do pasquim.

Lista de tesourinhos deprimentes que conseguiram foder fornicar a vida de muita gente:

Karl Marx, "Das Capital";
Adolf Hitler, "Mein Kampf";
Teixeira dos Santos, "O Mercado" (A lançar brevemente).

Thursday, April 29, 2010

Wednesday, April 28, 2010

O Palhacinho-mor do Ministro das Finanças diz que têm que ser tomadas medidas...

Eu dou-lhe uma: Pague-se um valor justo pelos certificados de Aforro. E garanta com o pescoço que não muda as regras a meio do jogo. Financie o Estado com dinheiro "nosso". 




D I V E R S I F I Q U E .


É a economia...

A Prinçusa e o castalho...


"Era uma vez uma Prinçusa que vivia presa no seu castalho, e mandou uma curija com um bilhuto a um Prinçuso para a salvar. O Prinçuso assim que recebe o bilhuto pega logo no seu cavilho e começa a cavilhar pela florista fora ao encontro da Prinçusa. Após dias a cavilhar pela florista eis que ele chega ao Castilho, desmonta então do seu cavilho e tenta abrir as purtas do Castilho, mas estas estavam fechadas, então ela manda um pontapé nas purtas e a purtas vêm abaixo, depois sobe as escudas e chega á purta do quirto onde a prinçusa estava presa, e ele dá um pontapé na purta e ela desfaz-se, o prinçuso entra no quirto da pruinçusa, eles trocam olhares entre si… e logo ali lhe deu três  fadas!"


Já é antiga mas...

Stephen Hawking said qualquer coisa do género:



"Os extra-terrestres existem e deveremos evitar o contacto com eles"...

... Ou algo similar. E claro, fundamentou a afirmação com o que se passou com a chegada de Cristóvão Colombo às Américas.
Bem. Eu diria que... o jovem cidadão terá seguramente uma "hidden agenda" para proferir tamanha barbárie.
O meu conhecimento na área é sumário, mas para todos os efeitos poder-se-á equiparar ao de qualquer outra pessoa expert na matéria, dado que estamos (ainda) no campo da especulação e nem sequer estamos no domínio de nenhuma ciência exacta. E opiniões são e serão sempre e apenas opiniões.  E para começar pelos pressupostos iniciais necessários ao encontro entre duas civilizações, temos que é necessário (antes de mais) que coesistam num mesmo período temporal, e é necessário que coexistam num mesmo espaço (ou dentro de um espaço em que possam comunicar entre si, condição que exigirá que partilhem de algum tipo de linguagem em comum).
Posto que teremos que coexistir, uma coisa é certa e segura: não se encontra nenhuma civilização idêntica à nossa num grau de desenvolvimento tecnológico similar (ou mais avançado do que) o nosso num raio de muitas dezenas (Centenas? Milhares?) de anos-luz. Não conseguindo nós ir até eles, terão que ser eles a vir até nós. E aqui entramos numa segunda consideração: o grau de desenvolvimento tecnológico dessa mesma civilização. Há quanto tempo existe, em que nível tecnológico se encontra, e qual o modelo civilizacional que suporta esse mesmo desenvolvimento tecnológico.
Ora, estou em crer que uma sociedade tecnológicamente evoluída terá forçosamente que estar igualmente desenvolvida em todos os indicadores civilizacionais. Seguramente (a existir) essa dita raça de ET's teria que ter um tipo de ligação (respeito) à natureza e ao Universo que nós não temos. E, mesmo que nos encarem como seres inferiores... Bem, para nós é fascinante perceber que espécies que consideramos como "inferiores" têm afinal linguagens próprias, códigos próprios e em alguns casos, rituais que indiciam a compreensão da morte e algum tipo de culto pelos mortos. Bem, acredito que esses ditos ET's nos encarassem mais facilmente desse ponto de vista. Que depois de nos conhecerem se decidissem a extreminar a raça humana é outra coisa, mas não creio que o fizessem numa fase inicial.
  





Li e...



"Angola acciona linha de crédito de 500 milhões para pagar dívidas a construtoras portuguesas"



Bem, então andamos a pagar impostos para que o nosso governo empreste dinheiro ao governo de um filho-da-puta que deixa os dele a morrer à fome para regularizar os pagamentos às empresas portuguesas a operar em Angola... Isto enquanto ele anda a comprar participações em empresas Portuguesas. 
Faz algum sentido?

Tuesday, April 27, 2010

Para quem gosta de pedalar...

Segue um guia muito interessante, Ciclovia, onde vêm referenciadas todas (ou quase todas - a do Seixal ainda não aparece aqui) as ciclovias deste pequeno País. Coisas interessantes, há percursos que (até de bicicleta) se fazem num piscar de olhos; por outro lado, a esmagadora maioria dos percursos maiorzinhos (na ordem dos 20 K) são de terra batida, pensados para um baixo custo e para a BTT. E por fim... a interligação entre zonas urbanas (ou mesmo entre pontos turísticos dentro das malhas urbanas) é ainda um sonho distante na grande maioria do território nacional. Mesmo assim, menos mau.

Monday, April 26, 2010

Fotoblog I
















Fotoblog II




Fotoblog III















Fotoblog IV


Uma gaivota voava voava...


F#$%&# da $""%, nunca mais parava...


O que me dificultou um bocado as fotos aí de cima. Já esta aqui embaixo foi pacíficazinha.


Fotoblog V.










Fotoblog VI.








Fotoblog VII.
















Fotoblog VIII.











Fotoblog IX.

















Fotoblog X.



















Fotoblog XI.

 

Fotoblog XII.


Fotoblog XIII.





Thursday, April 22, 2010

Pensamentos:

 No dia em que estes senhores tiverem tomates para fazer o mesmo em Paris e Londres, nas celebrações onde os Imãs mais "acesos" pregam a favor do Islão radical, eu apoio-os. Até lá, serão sempre paneleiros de um só tomate que batem no ceguinho que não lhes dá resposta.
É por estas e por outras que eu continuo a acreditar que uma moca de Rio Maior é um bom argumento filosófico em discussões com uma certa esquerda bimbalhoca.

Friday, April 16, 2010

Eyjafjallajökull













Grandes Homens:


    
Lady Nancy Astor: Winston, if you were my husband, I'd poison your tea.
Churchill: Nancy, if I were your husband, I'd drink it.

Fábula:

Um elefante vê uma cobra pela primeira vez.

Muito intrigado pergunta:
- Como é que fazes para te deslocar? Não tens patas!
- É muito simples - responde a cobra - rastejo, o que me permite avançar.
- Ah... E como é que fazes para te reproduzires? Não tens tomates!
É muito simples - responde a cobra já irritada - não preciso de tomates,
ponho ovos.
Ah... E como é que fazes para comer? Não tens mãos nem tromba para levar a
comida à boca!
Não preciso! Abro a boca assim, muito grande, e com esta enorme garganta
engulo a minha presa directamente.
- Ah... ok! Ok! Mas então, resumindo: rastejas, não tens tomates e só tens
garganta...

És Chefe de quem?????!!









Recebida pela via do costume...

Pensamento da manhã:



O cabresto do Adão quilhou-se à conta de uma maçã. Expatriado por causa de uma maçã. Estúpido igénuo. Ainda se fosse um carregamento de coca ou contrabando de tabaco... Maricas.

A ler n'OXICLISTA:

"Portugal é o próximo alvo dos mercados financeiros. Está, como a Grécia, à beira da bancarrota, e ambos parecem muito mais perigosos do que a Argentina em 2001, diz o antigo economista-chefe do FMI, Simon Johnson. A opinião foi publicada pelo "New York Times". O ministro das Finanças, Teixeira dos Santos, reagiu de imediato: "Num mundo de expressão livre também se podem escrever disparates sem fundamentação sólida, reveladores de ignorância". Simon Johnson equiparou ainda o financiamento de Portugal a um esquema em pirâmide (como o utilizado pelo gestor norte-americano Bernard Maddof que lhe valeu a prisão perpétua). O economista diz que Portugal, tal como a Grécia, em vez de abater os juros da sua dívida, tem refinanciado os pagamentos de juros todos os anos através de emissão de nova dívida.A Grécia pediu para iniciar as discussões com a Comissão Europeia, o BCE e o FMI sobre um programa de políticas económicas, sem que esta decisão constitua um pedido de ajuda, afirmou o Ministério grego das Finanças.Em resposta, quer o FMI quer a Comissão Europeia anunciaram já que na próxima segunda-feira enviarão missões a Atenas para iniciar conversações com o Governo grego sobre os termos e as condições de um empréstimo ao país. Os países da Zona Euro anunciaram no domingo a disposição de emprestar, neste ano, ao Estado grego até 30 mil milhões de euros, a uma taxa em torno de 5%. O primeiro cheque será do FMI.Mas como se já não bastassem as reticências do Governo alemão em contribuir com 8 mil milhões de euros para o plano de ajuda à Grécia, aprovado no domingo, soube-se ontem que dois juristas alemães estão a recolher apoios para desafiar no Tribunal Constitucional a legalidade de um eventual envolvimento do país num empréstimo ao Estado helénico.
Notas do Xiclista:

1. Há uns anitos que ando por aqui a aconselhar a não se desfazerem da leira de terra que os avós vos deixaram lá na terrinha, pois mais tarde ou mais cedo, vamos ter que cultivar as nossas próprias batatas para não morrer à fome. Vai ser como o Dr. Jivago. Com a agravante de que poucos de nós temos jeito para a poesia e de certeza que não vamos ter a Julie Cristie para desenjoar as agruras da vida.

2. O actual Pec vai cortar nas pensões dos mais indefesos: os nossos velhos. Mas em breve, a Europa vai obrigar a acabar com a despesa social, em especial, os subsídios aos inactivos. Quem vive nas cidades não deve comprar carro novo, pois mais tarde ou mais cedo, vem a malta dos bairros sociais queimar carros e caixotes do lixo com o Louçã a justificar e a compreender. Aconteceu em França e na Grécia, por cá vai ser o mesmo.

3. Está na altura de comprar arma devidamente legalizada. Em especial quem tem filhos para defender. Isto vai ruir de um momento para o outro. Comprem uma bicicleta. O combustível vai ser racionado.

4. Quem tiver bom crédito nos bancos, aproveite agora, saque dinheiro e meta-o na Suíça. Como isto vai ruir, vamos perder a casinha que temos por cá, mas salvamos o dinheirito na Suíça. Ou não é por isso que a nossa classe dirigente tem o dinheiro fora do sistema bancário doméstico ?

5. Depois não digam que não foram avisados. Os nossos deputados, cada vez que aprovam um orçamento, estão a contrair um empréstimo na Cofidis para pagar o empréstimo da GE, o qual já tinha sido contraído para pagar o empéstimo do Bes, que, por sua vez ,tinha sido contraído para pagar o empréstimo do Barclays que, por sua vez, tinha sido contraído para comprar a carrinha para o trabalho que já não funciona e para cujo arranjo não há dinheiro disponível, pois o pouco que se arranja é para pagar os juros à Cofidis, não sobrando mais nada. Se isto não é um esquema em pirâmide....

6. E quando os especuladores financeiros começarem a dirigir-se à dívida pública portuguesa, os juros da mesma vão disparar da mesma forma que o petróleo há ano e meio atrás. E isso significa uma explosão das taxas que pagamos. (Está na hora de largarmos a indexação á euribor e contratar taxas fixas). Os juristas alemães que estão a tentar impugnar o empréstimo são um artifício do Estado alemão que, pelos tratados europeus, está obrigado a contribuir, mas porque não está para isso, meteu uns paisanos a obter uma decisão do Tribunal Constituicional que impeça o Governo alemão de emprestar o dinheiro. A consequência imediata é que a Grécia vai ser corrida do euro. E nós vamos a seguir.

7. E se soubessem a minha indignação cada vez que saio deste escritório, chego à Rua Augusta e dou com uma dúzia de Ciganos que por ali andam a tentar enganar os camones, com ouro falso, enquanto têm casa camarária e subsídios de reinserção e Tribunal de borla e Hospital de borla, tudo pago pelos empréstimos internacionais que os nossos deputados, ano após ano, aprovaram na AR e que andamos a pagar - nós, aqueles que trabalhamos.

8. Vocês sabiam que os ciganos quando vão em tribo ao Hospital de Santa Maria, exigem ser atendidos à frente de toda a gente, fumam dentro do hospital, cospem para o chão, os funcionários, médicos e enfermeiros têm medo deles e não há um corpo de intervenção que lhes ensine bons modos ? Mas que merda é esta ?

9. Venha daí a puta da revolução, caraças. Para pôr os pontos nos iis. Demagogia, isto? Não, meu caro intelectual. Isto é o sentir generalizado da classe média. Os intelectuais dos blogues que andam ou já andaram pela política, pelo jornalismo e por actividades mais ou menos subsidiadas pelo erário público é que decidiram menorizar e inferiorizar intelectualmente as justas queixas da classe média, chamando-lhes " demagogia". Quando estiverem com uma arma apontada à cabeça, digam "demagogia" três vezes, vão ver que isso resulta imenso...



d' OXICLISTA.

Thursday, April 15, 2010

albo lapillo notare diem



REMOVE DOS


...To free up memory space.

Para começar bem o dia:



Eu diria que ainda vamos ouvir falar deste jovem...

Wednesday, April 14, 2010

Promoções: