Tuesday, January 4, 2011

Estava a escrever o post anterior e...

Dei com um daqueles dogmas que nunca vi desmentidos nem questionados, apenas repetido à exaustão: o objectivo primeiro de uma empresa é maximizar o lucro. Eu, que não percebo nada de economia, pergunto-me se assim será. O objectivo primeiro é, através de um determinado input, conseguir um máximo de output. Se for necessário alavanca-se o input para aumentar o output - o recurso à alavancagem significa que não haverá uma variação do diferencial, digo eu... Ora, isto parece-me tão capaz de sobreviver como um ganso alimentado à força para fazer um magnífico foie-gras... pode dar para uma figadeira desmesurada, mas o pato acaba por morrer, vá para paté ou não. 
Será então que este é "O" objectivo "maior" da existência de uma empresa? 

2 comments:

Kawamura said...

Caro, há uma pikena nuance nessa definição. O que aprendi nas minhas aulas de gestão é que o principal objectivo de uma empresa é maximizar o retorno DOS ACCIONISTAS. O resto, que se quilhe. Isso dos inputs e outputs e alavancagem, tudo isso são instrumentos (dinheiro gera dinheiro) usados para atingir o objectivo máximo de dar de comer aos accionistas (ou detentores do Capital). Abreices que isto o dia já vai longo...

Niagara said...

accionistas... os gajos da acção...
:D