Monday, May 23, 2011

240

...metros na vertical. É a altitude a que está o castelo de Sesimbra. Em princípio, nada de especial, não fosse o facto de nos últimos dias ter visto umas largas centenas de gajos (e gajas) a pedalar em... Digamos que nos sítios mais impossíveis e improváveis do mundo. Sítios com subidas e descidas fantásticas, quilómetros e quilómetros a subir (ou a descer) sem parar, em bicicletas de estrada e de montanha e outras com duas rodas e alforges, sítios com sinais de trânsito a indicar a presença de ciclistas, em estradas em que mal cabia um carro e onde os autocarros de turismo simplesmente não passam - nem esses nem os outros. Digamos que me dediquei ao exercício de cálculo mental: subidas com cerca de vinte quilómetros e qualquer coisa entre os 700 a 900 metros entre a base e o topo. Não é para qualquer um. Fica na costa norte de Mallorca, e fiquei com o bichinho de lá voltar, mas de bicicleta... E para começar a treinar, decidi-me pelo impossível: depois de uma voltinha pelo Cabo Espichel para aquecer, obriguei a "burra" a subir desde o pontão até ao Castelo. Fartou-se de reclamar, mas subiu os tais duzentos e quarenta metros. Agora é só ir repetindo a dose com alguma regularidade, até criar habituação.


Nota mental: foi muito mais fácil do que tinha imaginado. Quando desci estava firmemente decidido a subir nem que fosse com a burra na mão. Quando comecei a subir, deixou de ser opção.

No comments: