Friday, February 24, 2012

MEDO:

Dei largas à curiosidade de ir à procura de uma coisa: Quais as empresas que compõem o PSI20?
Bem. Segundo a Wikipedia, o Portuguese Stock Index é composto pelas seguintes empresas:



Altri - Empresa de produção papeleira e energética
Banco Comercial Português - Empresa de finanças e capitalização
Banco Espírito Santo - Empresa de finanças e investimentos
Banco Português de Investimento - Empresa de finanças e investimentos
Banco Internacional do Funchal - Empresa de finanças e investimentos
Brisa - Empresa concessionaria de auto-estradas
Cimpor - Empresa de produção de cimentos
EDP - Empresa de produção e distribuição de electricidade
EDP Renováveis - Empresa de produção de energias renováveis
Galp - Empresa petrolífera e de combustíveis
Jerónimo Martins - Empresa de grande distribuição maioritariamente distribuição alimentar
Mota-Engil - Empresa de construção civil
Portucel - Empresa de comercialização de papeis de alta qualidade
Portugal Telecom - Empresa de telecomunicações e de multimédia
REN - Empresa de geração e de distribuição de electricidade
Semapa - Empresa de produção de cimentos
Sonae Indústria - Empresa de administração de recursos próprios
Sonae - Empresa de industria de matéria-prima, distribuição e venda de alimentos, administração de centros comerciais, turismo construção, telecomunicações, transporte e capitais de risco
Sonaecom - Empresa de comunicação social, telecomunicações, Internet e informática
ZON - Empresa de distribuição de multimédia


Ora bem... A vermelho, grupos financeiros; a laranja, empresas que pertencem a grupos mais ou menos monopolistas ou mais ou menos arrendatários do erário público. Doze, no total. Sobram a distribuição, os papéis, os cimentos, a energia (???)...


Vamos ver com atenção, porque este é o espelho da nossa economia. Grupos financeiros ancorados directa e indirectamente no erário público; concessionárias de auto-estradas subsidiadas pelo erário público; Produção de energias renováveis subsidiadas pelo erário público; Produção e comercialização de energia eléctrica em regime de monopóplio; Refinação e posterior distribuição de produtos petrolíferos em regime de monopólio; Empresas de construcção civil com core nas obras públicas - financiadas pelo erário público.


Este é o País Moderno, Desenvolvido e no pelotão da frente do Século XXI. E claro, cheio de oportunidades e muita "competividade". Este é o retrato da nata da nata, que vem angriar rendas ao rectângulo e distribui dividendos "no estrangêro" - onde aliás se encontram os "centros de decisão". Mas já há muito tempo...


Os problemas do endividamento do País também passam por aqui.


No comments: