Tuesday, February 21, 2012

Quando a vida nos devolve partes do passado, embrulhadas numa linguagem que - apesar dos anos, mantivémos em comum, é muito bom. É o que acontece quando encontramos alguém que não víamos vai pra lá de muito tempo, perdidos no mais inusitado dos sítios e ainda assim falamos das embalagens de 7,5 dl de analgésico - branco ou tinto, conforme a disposição. E lembramos-nos dos nomes, das alcunhas, das pessoas, das coisas que vivemos. É a prova de que as coisas verdadeiramente boas da vida nunca desaparecem.

No comments: