Friday, February 22, 2013

E continua a marcha das virgens ofendidas

A colagem da credibilidade do titular de um cargo público - quando esta está ao nível de um coliforme fecal mal amanhado - à credibilidade que esse mesmo cargo exige - ou merece - dentro do regular funcionamento das instituições democráticas - é uma falácia que roça o absurdo. Porque quando - fulanizando o tema - o Cidadão Miguel Relvas é convidado para um determinado Governo (o que temos) para o cargo de Ministro, é sinal de que as instituições não estão a funcionar devidamente.

Creio que esta inversão do ónus é uma coisa que estas paramécias ainda não entenderam devidamente...

Coisa e tal, portanto, ou seja...

É o numero de posts que por aqui vai, e não seria nada de mais, não fosse este blog uma espécie de CV do que me vai pelos interstícios da alma por alturas de coisa e tal.

Thursday, February 21, 2013

Começar pelo princípio

Eu também acho que os Cidadãos devem respeitar e dignificar os cargos públicos. A começar pelos titulares. É que, sejamos honestos, o Miguel Relvas como Ministro, não dignifica o cargo coisa nenhuma. Não se pode pedir ao comum dos mortais que tenha mais respeito por uma instituição do que os seus próprios titulares ou representantes...