Tuesday, June 3, 2014

Normandia

A Normandia é um pedaço de mundo, daqueles pedaços de mundo capazes de nos surpreender a cada passo. É uma terra de Igrejas e Catedrais, onde chove ao meio-dia entre o sol da manhã e o sol da tarde. O dia nasce às cinco e pouco da manhã (em fins de Maio) e escurece bem para lá das vinte e uma. Não se vê um sistema de rega em lado nenhum, a Natureza trata disso, mas em cada Igreja, em cada Catedral, há um memorial aos mortos da Grande Guerra (a primeira - a outra foi a Segunda Guerra). É uma terra de vida e de morte, percebe-se bem isso e ainda vou a menos de metade - daqui segue em frente para onde começa "A Normandia" de que vim à procura.

Adenda: ao fim do dia de ontem passou no Odisseia um documentário sobre a invasão das forças Canadianas em Coursuelles-sur-Mer (Juno). No fim, alguns comentários de homens que lá estiveram, que viveram aqueles dias e sobreviveram para contar como foi. Um deles falou dos que tombaram, mais ou menos nestes termos: "Nós voltámos, casámos e tivémos filhos, vivemos a vida. E eles? Eles morreram. Nós somos livres. Às vezes penso na liberdade. Quantas vezes pensamos no valor da liberdade?"

Foi exactamente isto que senti quando lá estive.

No comments: